Como Cuidar de Seu Cilindro e Torneira



Infelizmente, um grande número de mergulhadores, não se preocupa, como deveria, com o estado dos cilindros que utilizam em seus mergulho, o que é preocupante. Lembre-se: o ar que você respira é tão importante quanto o regulador que você utiliza, por isso, seguem algumas dicas de como escolher um bom cilindro ou manter a integridade do seu.

Ao alugar um cilindro de mergulho, deve-se observar os seguintes detalhes:


Verifique se o mesmo está devidamente carregado, na dúvida, confira pessoalmente.
Se o teste hidrostático está em dia.
Se o ar possui gosto ou odor estranho.
Se existe o'ring em bom estado na torneira.


Observe os seguintes detalhes no momento de recarregar seu cilindro:


Nunca exceder a pressão de trabalho.
Carregar seu cilindro somente em locais confiáveis, de preferência, onde haja recarga de nitrox, o que indica um grande diferencial em qualidade de ar.
Cilindros que fiquem sem serem utilizados por um longo período devem ser guardados em locais secos à sombra, com pressão entre 150 a 300 PSI e na posição vertical.

Cilindro de Alumínio


De acordo com o fabricante, o cilindro de alumínio, foi desenvolvido para alcançar uma vida útil de 100.000 recargas. Portanto, vamos ver o que é preciso fazer, para que seu cilindro chegue perto de tal número.


Após cada dia de mergulho, deve-se lavar com água doce e se possível, mergulhar em um tanque, onde a água atingirá todas as partes do cilindro, inclusive o interior da bota, onde haverá uma grande concentração de sal cristalizado, devido a uma retenção de líquido por parte da borracha.
Deve ser feita uma inspeção visual anualmente. Para cilindros utilizados por operadoras e escolas, este período deve ser até menor, atentando sempre para que seja feita por um profissional treinado, evitando assim, o travamento da torneira devido à corrosão galvânica, que ocorre pela diferença de materiais da torneira (latão) e o cilindro (alumínio), daí, surge aquele desagradável vazamento no gargalo do cilindro.
Fazer teste hidrostático a cada 5 anos, mesmo que o cilindro não tenha sido utilizado.
Manter um mínimo de ar no cilindro, para evitar que haja penetração de umidade.
Se o cilindro estiver sem ar, a torneira deverá permanecer fechada.
Evitar que o cilindro sofra quedas, batidas ou arranhões profundos.
Pintar ou decapar o cilindro, quando for observada formação de óxido de alumínio por baixo da pintura.

Obs.: Caso a opção escolhida seja pintar, tenha cuidado para não expor o cilindro a uma temperatura maior que 82°C, pois isso comprometeria a liga do material.


Voltar




Untitled Document


UNIDADE I - SÃO BERNARDO DO CAMPO
Rua: Quinze de Agosto- n°77 - Centro - Cep 09721-110
Tel.: (11)4339-7390 | (11) 4930-1002
Whatsapp: (11) 95657-7390/ e-mail: turismosbc@scubalab.com.br
Segunda a Sexta das 8h às 18h e Sábado das 8h às 12h
UNIDADE II - RIO DE JANEIRO
Rua: Professora Isolina Sartore, 140
Recreio dos Bandeirantes - RJ - Cep:22795-493
Tel.: (21) 3988-3183 / e-mail: turismorj@scubalab.com.br
Segunda a Sexta das 8h às 18h e Sábado das 8h às 12h